O que esperar do mercado de telecomunicação em 2021?

Por: Samara Oliveira / Gerente comercial da WIPI

2020 foi um ano desafiador, logo nos primeiros meses sofremos os impactos negativos devido a pandemia do COVID-19, e a adaptação foi a palavra de ordem, nunca se aprendeu tanto sobre gestão de crise. Nos reinventamos, nos antecipamos (na medida do possível), sobrevivemos, saímos mais fortes e com relações de negócio solidificadas pelo comprometimento que tivemos com nossos clientes.

Samara Oliveira / Gerente comercial da WIPI

Neste ano de muito aprendizado, os serviços de telecomunicações (com foco no acesso à internet) passaram a ser mais do nunca indispensáveis, inclusive juridicamente o papel do segmento de Telecom sofreu diversas atualizações no formato de visualização e nas suas obrigações júridicas de funcionamento dada a necessidade deste ter sido exponenciada durante a pandemia, e as expectativas são muito positivas para 2021.

www.wipi.com.br

 

Apesar de ainda estarmos sofrendo com a falta de insumos e com preços altos nas importações (influenciados, principalmente, pela pandemia e questões de política internacional), o mercado de telecomunicações em 2021 será mais competitivo. Enquanto os clientes residenciais precisam de serviços de qualidade e com maior capacidade para poderem trabalhar, estudar e ter acesso a entretenimento sem sair de casa, os corporativos além desses pontos ainda estão sedentos por serviços inovadores no que tange a mobilidade, requerem um atendimento ágil e mais humanizado, tudo isso associado a adaptação a situação financeira pautada redução de custos.

O ator Márcio Garcia é o garoto propaganda da WIPI

O mercado foi reinventado e está abarrotado de novas necessidades e novos problemas precisando de soluções atuais, e é esse o combustível para o Mercado de Telecomunicações expandir em 2021.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.